Quer se aventurar no verde, mas tem medo de matar as plantas? A selvvva do dia de hoje é pura superação. Versátil e resistente, o abacaxi-roxo é capaz de se adaptar e suportar às mais diversas condições de luz e água. Verde de um lado, roxa de outro, sua folhagem é ereta, de aspecto suculento e em formato de roseta. Abraçadas em pequenas estruturas, suas flores brancas garantem a ela um nome popular: moisés-no-berço. 

CONHEÇA OUTRAS PLANTAS RESISTENTES

Rega: como gosta de solo bem drenado, recomendamos a rega duas vezes por semana, principalmente nos primeiros meses após o plantio. Depois de bem adaptado, torna-se tolerante a curtos períodos de estiagem e é capaz de vegetar sobre solos pobres e rochosos.



Iluminação: pode ser cultivado em diferentes condições de luminosidade, do sol pleno à luz difusa. Se as folhas começarem a esverdear, mude seu abacaxi-roxo para um lugar mais perto da janela. 

Problemas comuns: caso o substrato esteja encharcado, pode apodrecer e abortar suas folhas.

Como usar: como tem a parte interna na cor roxa, encanta quem o vê por cima, seja compondo jardins, como forração, em vasos nas áreas interna e externa, ou em kokedamas (técnica japonesa que consiste em envolver as raízes em uma bola compacta de argila e musgo).

Dica da Selvvva: As indicações acima são orientações para um primeiro contato com a sua planta, não uma fórmula definitiva. As regas variam de acordo com o ambiente, a disponibilidade de luz, a umidade do ar, a temperatura, o recipiente onde a planta está acondicionada e as demandas específicas da espécie. O importante é sempre prestar atenção às respostas da sua planta e, assim, dosar a água de acordo com as condições em que se encontra. Preste sempre atenção para não deixar o solo encharcado ou água acumulada no fundo do vaso, evitando o apodrecimento das raízes. 

Nossos suportes de madeira curió já estão disponíveis em nosso site!